Resenha: A babá gótica

Bom dia, leitores.

Como foi o seu Natal? Ganhou livros de presente?  Comentem aqui em baixo!

*-* 

Hoje vou falar sobre  o livro "A Babá Gótica", da Evolução Publicações


Nome do Livro: A babá gótica
Nome da Autora: Adriana Igrejas
Editora: Evolução Publicações
Número de Páginas: 350


Sinopse: A pequena Ana Beatriz ganha uma babá misteriosa de aparência mórbida. Ela seria uma bruxa? Uma louca? Ou apenas excêntrica? É o que Lourenço, meio-irmão de Ana, vai tentar descobrir. Por mais que ele se sinta irritado com a moça e sua aparência incomum, não pode evitar sentir-se intrigado e atraído por ela. Ele está disposto a tudo para resolver aquele mistério e tentar entender o que realmente estava acontecendo e poder entender seus próprios sentimentos em relação àquela moça e descobrir, afinal, quem era aquela babá gótica.

Primeiramente, vou falar sobre essa edição maravilhosa. Assim que peguei esse livro, me apaixonei pelas folhas, pelas letras, pelas separações de capítulos e pela capa. Não tem como não achar essas folhas pretas sensacionais (fora que não cansa os olhos). Essa menina da capa faz jus à personagem principal (Lucinda, a babá gótica) e as letras têm um tamanho perfeito.




Agora, vamos à história. Esse livro narra a história de Lucinda, uma menina que se veste de preto, usa maquiagens fortes e piercings. Ela se candidata a babá de uma menina doce e divertida, a Ana Beatriz. No início, a família da Ana acha a babá estranha e não gostam muito dela pela maneira da menina se vestir, mas depois descobrem que existe uma menina doce e cuidadosa por baixo do preto. O que eles não sabem é que Lucinda não foi sempre assim. Ela esconde um segredo que Lourenço, meio-irmão de Ana, está ansioso para descobrir. 

"Ignorava totalmente as meninas metidas a aberração. Infelizmente não podia ignorar aquela ali." - Pág. 63

"A babá gótica" trata sobre preconceito, sobrenatural, amizade, amor, vingança e espiritismo. Sim, ele nos ensina muito mais do que "aceitar os outros", ensina que as pessoas precisam de atenção e de ajuda, ensina que perdoar cura, ensina que devemos acreditar que tudo é possível e que devemos ser bons com o próximo, independente do que ele nos faça. 
Acabei me surpreendendo muito com esse livro, porque quando olhei para o título, imaginei que não seria tão bom quanto acabou sendo. Não sei, achei o título sem graça, mas como o livro tem uma sinopse interessante e uma edição diferente, acabei sendo convencida de que poderia ser muito bom. Acabei me surpreendendo com o enredo, com a escrita da autora e com a presença do espiritismo na história. 

"Eu quero saber por que você se tornou gótica....Eu quero saber por que você está trabalhando como babá em vez de estar numa universidade." - Pág. 125

A escrita da autora me prendeu do começo ao fim. Li em apenas dois dias e gostaria de não ter terminado ainda porque queria mais. Ela tem uma escrita leve, simples e, quando se trata em descrições dos personagens, muito rica. Todos eles são fáceis de imaginar graças à descrição que a autora faz, não só da aparência mas como também dos sentimentos, expressões e emoções. Isso tudo ajuda a construir a imagem de um personagem na cabeça do leitor. O enredo é envolvente e diferente do que estamos "acostumados". Ele trata de diversos assuntos e a autora conseguiu mesclar todos eles com maestria. Não senti que faltou nada, fiquei muito contente com o fim da história e não deixou a desejar. Pelo contrário, fiquei com gostinho de "quero um segundo livro". 

" A voz de Lucinda parecia a de um anjo, o que a fazia se sentir tola por se alarmar tanto." - Pág. 48



Para quem se interessar, aqui está o Book Trailer desse livro incrível e surpreendente! *-*


É isso, pessoal. Esse livro vale muito a pena e quem se interessar em comprar, clique aqui.


Outros títulos da Evolução Publicações: 



Um beijo! 

Comentários

  1. Oi, Yasmin! Olá, leitores do Books and More! Que prazer topar com esta resenha de "A babá gótica" hoje no primeiro dia do ano! Fico muito feliz com a repercussão do livro, que está agradando bastante! Fiquem à vontade para me contatar pelo Facebook (Adriana Igrejas)e saber também sobre minhas outras publicações... Beijinhos góticos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário